9 dicas para quem está gorda e trava na hora do sexo

Olá queridas, o dia dos namorados está aí e eu resolvi usar a data como um gancho para falar sobre uma parcela de leitoras queridas que me escrevem contando seus dramas na cama. Esse post é para quem está gorda e trava na hora do sexo – sem meias palavras! A verdade é que a maioria das leitoras relata que, depois que engordou ou até as meninas mais novas que são gordas, não consegue se sentir confortável com seu corpo na hora do sexo. Seja porque se acham feias porque estão gordas, porque acreditam que o parceiro(a) não vai achar que elas são sexy, ou até mesmo porque perderam a vontade de transar apenas por estarem para baixo.

Pensando nessas mulheres, fui (literalmente) conversar com a Verena, sex coach e dona do sex shop Just Lust (deixo o endereço no final da matéria 😉 ), para pegar algumas dicas preciosas para você desencanar dessas nóias e aproveitar o dia dos namorados 100% com quem quer que seja (afinal você pode ser sua melhor companhia as vezes!)!  Então vamos lá:

♥ 9 dicas para quem está gorda e trava na hora do sexo 

sexo-para-quem-está-gorda-2Foto: Aline Zattar para o Paparazzo

1. Ser sexy não depende do peso!

Não importa que você era 20 quilos mais magra quando vocês começaram a namorar, ser sexy vem de dentro e não tem muito a ver com o formato do corpo. É mais sobre caras, bocas, palavras, gestos, movimentos, roupas… Ele(a) tem tesão por você por causa da química que vocês sempre tiveram, e não vai mudar agora só porque você tem mais celulites e 3 dobrinhas nas costas (experiência própria!). Sem contar que essa história de achar que nosso(a) parceiro(a) espera que tenhamos um corpo “perfeito” é pura encanação da nossa cabeça! O nosso(a) parceiro(a) está mais preocupado em ter momentos prazerosos do que, de fato, olhar uma escultura corporal. Você por acaso se importa com o fato da barriga dele(a) ter crescido vertiginosamente desde que vocês se conheceram? O sexo ficou pior por causa da barriga? Não! Então por que com você seria assim? Ah! E tem outra coisa: não é porque ele(a) acha a Panicat sexy que não pode achar você também!!! Uma coisa não exclui a outra – ou por acaso você não acha outros homens sexy também?

Caso você não tenha um parceiro fixo e tenha medo/vergonha de ficar pelada com outra pessoa, vou te falar uma coisa bem na lata: se ele já te pegou, já passou a mão no seu corpo, já ficou excitado… Ele não vai ter muita surpresa quando vocês ficarem pelados. Ele já viu que você é gorda, já apalpou suas gorduras e ficou excitado do mesmo jeito, então, veja: suas gorduras são um problema APENAS para você, vide que o cara tá bem curtindo e te querendo!!!! E não me venha com essa de estrias e celulite que NINGUÉM em pleno momento de tesão vai parar para analisar as celulites… A não ser que a pessoa não goste de sexo, aí é outra história…

 

2. Não tenha vergonha de falar sobre sexo

Olha, todo mundo faz e se não faz ainda, um dia vai fazer. Não tem nada de proibido no sexo, desde que ele seja feito com consentimento, óbvio! Aliás, ele é um fator de aproximação do casal, um jeito de aumentar a intimidade e de liberar endorfina (o hormônio do bem-estar). Portanto, se livre da crença de que é errado fazer ou falar sobre sexo. É bom, é gostoso e fica melhor ainda quando você e seu parceiro conversam sobre suas preferências, curiosidades, desejos e vontades. Não tem coragem de fazer certas perguntas para ele? Tudo bem, comece frequentando o Dia das Meninas, evento como o que a Verena organiza no sex shop, onde ela dá um tema e reúne diversas mulheres a fim de conversar e trocar experiência apenas sobre aquele assunto. Pode ser esclarecedor! Só conversando uma tarde com a Verena eu já descobri mil coisas novas, imagine com um monte de outras mulheres! Sem contar que falando sobre sexo você percebe ainda mais que o ato tem mais a ver com sensações do que com o visual do corpo.

 

3. Não tenha medo de sex shop

Se o seu problema é a dúvida se você ainda desperta desejo no(a) parceiro(a), lance mão de algumas artimanhas para surpreendê-lo(a). Se por um lado o seu corpo mudou, por outro suas reações na cama também – e ambos podem ser muito positivos. Para ter ideias e ferramentas, visite um sex shop! Eles não são sujos, não têm só tarado e definitivamente não são do demônio – isso é coisa de religião machista, hein?! O sex shop tem muita coisa legal que pode ajudar você a se soltar e experimentar novas coisas. A Verena separou alguns exemplos de brinquedos da Just Lust para usar com o namorado/marido/peguete. Olha só algumas sugestões para usar em casal:

brinquedos-sexuais

Na ordem de baixo pra cima, da esquerda para a direita:

1. Sprays sensoriais. 2 deles deixam a região de mucosa mais sensível e o outro anestesia a garganta para o sexo oral.

2. Baralho Kama Sutra serve para jogar e tirar sugestão de novas posições

3. Jogo de tabuleiro para incentivar o striptease – vale para os dois!

4. Vibrador com formato de coelhinho para estímulo de áreas sensíveis – também válido para os dois!

5. Óleo de massagem comestível com gostinho de morango.

6. Eggs para masturbação – ele é de um material que parece silicone e tem um buraco com textura. Ele pode usar sozinho ou você nele.

7. Vela para massagem hidratante. Você acende e derrama sobre o parceiro – ela não queima – e faz a massagem sensual.

8. Kit sensorial para colocar a venda e fazer um carinho com a pena.

9. Anel peniano vibratório. O cara coloca na base do pênis e isso aumenta o tempo da ereção, a parte vibratória deixa tudo mais interessante para os dois.

10. Um vibrador para usar em dupla. Enquanto vibra por fora, vocês podem transar também.

Veja mais sobre a Just Lust aqui

 

4. Leia livros mais picantes – e tire idéias!

Outra maneira de ter mais ideias e se reencontrar com a sua libido é conhecer uma boa história de romance com algumas (ou muitas) situações picantes. Não precisa assistir filme pornô – que diga-se de passagem, é mais bizarro do que sexy, vai?! – a sua imaginação pode ser ÓTIMA aliada da libido. Quando você lê sobre uma cena de sexo, por exemplo, sua cabeça é obrigada a criar as sensações e visões desse casal da ficção e como é o seu cérebro que cria tudo, a sensação é bem mais forte do que apenas se você tiver absorvendo cenas de um filme… Ou seja, além de você tirar novas ideias de como chegar no seu parceiro, você ainda pode querer recriar as cenas que seu cérebro criou ou vivenciar de verdade a sensação antes imaginada. Olha, só digo que a trilogia Peça-me o Que Quiser foi maravilhosa na minha vida 😉 hua hua hua

 

5. Treine sozinha para lembrar como é bom

dicas-para-quem-esta-gorda-trava-no-sexo

As vezes a gente fica se sentindo TÃO feia que não vontade nem de curtir o orgasmo sozinha, mas, amiga, se você não quiser se tocar, como pode esperar que o outro queira – ou até que o outro perceba que você tem vontade. “Aproveite seus momentos sozinha, compre um vibrador, ame seu corpo, descubra o que te dá prazer, onde você tem prazer… Relembre como é bom ter o toque do(a) amado(a)”, recomenda a sex coach da Just Lust. Isso com certeza vai ser um incentivo para você superar o fato do seu corpo ter mudado e vai te fazer relembrar que tesão e prazer não têm nada a ver com quantos quilos você pesa na balança!!!

 

6. Leve seus brinquedos para a cama de casal

Veja, tirar a atenção só do corpo e se concentrar mais nas sensações pode ser um ótimo jeito de você se soltar mais. Cremes, velas, tapa olhos, óleo de massagem…. Tudo vale para deixar o momento mais descontraído e fazer vocês se esquecerem do corpo um do outro. “É um ótimo jeito dos dois terem prazer e proporcionarem prazer, além de ser divertido e aumentar a cumplicidade do casal”, garante Verena.

 

7. Invente uma personagem

Se está difícil meeesmo lidar com a você de agora, combine com o seu parceiro e invente uma personagem. Verena incentiva:

“Fingir que você é uma pessoa completamente diferente pode ser uma experiência bem divertida, tirar o sexo da mesmice, além de que você não tem a obrigação de ser a mesma você de 20 quilos atrás!”

Vale usar uma peruca, roupas que você jamais vestiria, inventar um sotaque e até ter alguma mania marcante, como mascar chicletes de boca aberta. Parece estranho, mas vale tentar! O máximo que pode acontecer é vocês darem umas boas risadas juntos…

 

8. Acredite mais no outro

Se ele(a) te diz que você é gostosa, que você está linda, que tem tesão por você e que “adora pegar nesse bundão todo” ou que “prefere mil vezes você assim”, só porque você não concorda (AINDA) não quer dizer que não seja verdade e que ele(a) não esteja sendo sincero(a)!!! Pelo contrário, tem gente que adora ter mais carne para pegar… Maaaas talvez nem seja o caso do seu parceiro, se o seu relacionamento tiver muitos anos. O que acontece provavelmente é que ele(a) te ama tanto que não está NEM AÍ para como é o formato do seu corpo… Ele quer TUDO que tiver relacionado com você na embalagem que vier! Então dê um pouco de crédito ao outro e comece a se olhar do jeito que ele(a) te olha, quem sabe você não acaba percebendo que você é SIM uma mulher incrível e uma grande gostosona?!?!? 

 

9. Não deixe de ser feliz por tão pouco

sexo-para-quem-está-gordaFoto: Aline Zattar para o Paparazzo

Seu corpo pode parecer o centro da sua vida, mas acredite o fato de você ter engordado não muda em NADA o resto da sua vida ou da vida de quem está ao seu redor – as pessoas que te amam continuam te amando, porque elas te amam pelas suas qualidades e não pela sua aparência, tá?! Afastar a pessoa que vive com você por vergonha do seu novo corpo faz mal a você, a ela e ao seu relacionamento. Pense assim: você pode não achar que esse é o seu corpo “ideal”, mas você não vai acordar da noite para o dia com outro corpo, então por que não aproveitar o tempo enquanto você está com ele? Afinal, por que você vai deixar de viver e de ser feliz só porque mudou? Quem disse que mudar é ruim, hein?!?

 

Bom, gatonas, espero que as dicas tenham ajudado ou pelo menos tenham feito vocês refletirem. Acho que elas servem tanto para quem está gorda e trava na hora do sexo, quanto para quem quer inovar e apimentar a relação, né?1 heheheh Espero que tenha aberto seus horizontes! Ah, se quiser saber mais sobre a Just Lust, loja da Verena, é só clicar aqui.

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar uma opinião? Conte-me TUDO nos coments e agora VÁ APROVEITAR DECENTEMENTE ESSE DIA DOS NAMORADOS (mesmo que seja “só” com você mesma huhuhu).

 

HUA HUA

BJÓN

Ju Romano

Uma gordinha, de cílios longos e pernas curtas. Defensora da liberdade de ser quem e como a gente é, sempre com muito amor próprio.

6 Comments
  1. Eu amei tudo que aqui vou falado . Eu tenho um rolo com um cara já tem coisa de 3 anos, a gente nunca transou . Pois tenho muita vergonha do meu corpo, por ser gorda, e ele magro e bombado. desde quando a gente se conheceu sempre fui gorda. Mas no começo ele não queria nada comigo, mas aí o tempo foi passando. E um dia ele resolveu pedi pra ficar comigo, eu já gostava dele, então aceitei. E estamos nos pegando até hoje. Mas ele vive falando em dar um passo a mais nesse rolo que a gente tem. Eu também quero muito. Mas infelizmente eu só tive apenas 1 experiência sexual e foi horrível, e já tem uns 4 anos isso , já ele teve várias. Então fico com medo de não fazer certo e daí ele não gosta , e depois não querer mais nada comigo. Existe uma química grande entre a gente . Mais tenho medo de estragar tudo. Medo de frustar as expectativas dele a respeito de mim. O que você me aconselha a fazer?
    Desde já agradeço.

  2. Raramente gosto daquilo que leio sobre esse assunto.
    Afinal, é óbvio demais que, quem escreve sobre isso, não faz ideia de como uma pessoa que não está feliz consigo mesma se sente. Não é simplesmente fazer as pazes com o espelho e MUITO menos “inventando uma personagem”. A mulher tá desprovida de autoestima e, dizer a ela que fingir que é outra pessoa na hora da intimidade com seu parceiro é uma boa ideia, é o mesmo que afirmar que ela em si não é mesmo suficiente.
    Digo isso porque sofro de BAIXÍSSIMA autoestima e fiquei é ainda mais chateada com as coisas que li aqui.

  3. Oh Gosh! Não sabe o quanto me ajudou e fez me reconhecer o quão gostosa que eu sou. Ele, desde o dia em que ficamos a primeira vez me diz coisas do tipo, que eu sou bonita e tals, partimos para o sexo(primeira vez, perdi a virgindade), e então ele me disse que sou muito gostosa e coisas do tipo, juro que no começo não acreditei, pois, engordei, muuuuuuiiiito, então o por que que eu seria tudo aquilo que ele me alega ser o tempo todo? Então eu comecei a aximilar muitas coisas e comecei a mudar a minha maneira de pensar para comigo mesmo,parei de me colocar para baixo, parei de me pisar, de auto me humilhar, de ter vergonha do meu corpo, as dobrinhas que com o alarido apareceram em meu corpo, algumas estrias. Ele sempre briga comigo se toco no assunto e tals,e sempre discorda com tudo o que digo sobre mim. E agora, vem você, com esse seu texto UP para nós, mulheres gordinhas e levanta 100% o meu astral, OBRIGADA! ❤❤❤

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>





©2013-2016 Juromano - Todos os direitos reservados