Jeans plus size: o que precisa melhorar!

Oi, gente linda! É fato que o mercado de roupas plus size evoluiu demais nos últimos anos, porém algumas coisas específicas ainda são esquecidas e geram várias frustrações tanto no provador quanto na hora de vestir em frente ao espelho ou até mesmo depois de algum tempo de uso.

É o caso das calças jeans plus size, que apesar de ser uma peça clássica, ainda cai em grandes desgraças – e erros de iniciante.

1. Zíper mais resistente

Gente do céu, existe uma barriga atrás desse zíper louca pra pular pra fora… UMA BAR-RI-GA! Não, não somos musas fitness com barriga negativa, que nem precisam abrir a calça para colocar. Portanto, além de ser um zíper BEM resistente, que não vai abrir ou quebrar na terceira puxada, também tem que ter a costura do cadarço (aquela parte de tecido do zíper) bem costurada no jeans, para que a calça não descosture e tenha uma segunda abertura além da original, não é mesmo?

2. Passadores bem costurados

Quem não tem bunda e coxas grandes, talvez  nunca tenha se dado conta disso, mas a maioria das calças jeans, por mais elastano que tenham, na primeira colocada não deslizam facilmente pelos quadris. Daí que a gente precisa de uma ajudinha do passador de cinto para puxar a calça pra cima… É certo? Não. É o ideal? Também não. Mas é a realidade. Façam calças com o passador de cinto com costura reforçada! Facilita muito a nossa vida de entra e sai nas calças e não danifica peças novinhas em folha no provador.

3. Elastano

Calça zero elastano deveria ser PROIBIDA no universo plus size! Essas calças no estilo Mom Jeans ou Boyfriend sem nenhuma elasticidade podem até funcionar em quem é magra, mas é uma verdadeira tortura pra quem é gorda e tem bunda, quadris e barriga. Isso porque por mais que a calça entre e feche, ela não só vai ficar apertando muito as nossas gorduras, como também vai impossibilitar a gente de se sentar confortavelmente. Até porque, não é só na barriga que temos gorduras, também temos nas pernas. Além do mais, quem fabrica calças sem nenhum elastano não pensa que as mulheres gordas acumulam gorduras em diferentes partes do corpo, dessa forma as calças plus size têm que se adaptar às nossas curvas para ficarem mais bonitas e usáveis.

Outra coisa dentro desse item é que também não é só porque é uma calça plus size que precisa ser 90% elastano, porque elastano acaba cedendo com o tempo e a calça que deveria ser justa acaba ficando larga.

Marcas aprendam a usar a elasticidade dos tecidos a seu e ao nosso favor.

4. Mais tecido na região da “pochete”

Se tem uma coisa que me irrita DEMAIS é calça jeans plus size, que só pegaram a modelagem dos tamanhos tradicionais e aumentaram nas laterais. Eu sei que as modelos plus size não tem barriga, mas estou falando de consumidoras comuns, que têm a famosa pochete. Façam calças que entrem em um corpo tamanho 50, fechem e tenham tecido suficiente para o zíper subir! O que mais me irrita é quando a calça entra numa boa, mas é feita pra quem tem barriga chapada e falta tecido bem na região da pochete, aí você fecha o botão, mas fica aquele losango de calcinha sem conseguir subir o zíper.

5. Reforço entre as coxas

Tchan tchan tchan! Como em sã consciência as marcas que fazem calças jeans não têm isso como prioridade?!? Isso nem é questão de gordofobia, é de burrice mesmo. As calças jeans  rasgam no meio das pernas até de quem é magra, basta ralar uma coxa na outra – e esse coxa-encoxa acontece com quem pesa 50 ou 150kg.

Nas minhas calças favoritas, quando eu vejo que elas estão cedendo entre as pernas eu pego um pedaço de tecido e costuro por dentro, mas isso as vezes acaba piorando a situação porque aumenta a zona de atrito.

Veja, não tenho uma solução mágica para isso, mas não sou eu quem fabrico calças não é mesmo?

6. Cós mais alto na bunda

Pensem nas mulheres bundudas, se você faz um jeans que a parte da frente é do mesmo tamanho que a parte de trás, por mais barriga que a gente tenha… VAI FICAR COM O COFRINHO APARECENDO! E não é só isso, porque se fosse a gente cobria com a blusa ou sei lá, mas também é super desconfortável porque a calça fica caindo atrás e a gente tem que ficar puxando e quando você se dá conta mal consegue andar 10 metros sem ter que puxar as calças pra cima pelo passador de cinto – que claramente vai estar mal costurado…

 


Gente, claro que já temos muitas jeans boas no mercado, com cortes fashion, lavagens bonitas e modelagens pensadas para o corpo gordo, mas ainda assim é cada erro que a gente encontra no meio do caminho que dá vontade de TACAR FOGO no provador. Contei essas minhas frustrações também em vídeo, pra assistir apertem o play:

 

 

Me contem aqui o que vocês acham que precisa melhorar nas calças jeans também e vamos torcer pra cair na busca das marcas que fazem jeans plus size pra que elas leiam e mudem as suas  peças né? 

 

HUA HUA

BJÓN

 

Ju Romano

Uma gordinha, de cílios longos e pernas curtas. Defensora da liberdade de ser quem e como a gente é, sempre com muito amor próprio.

2 Comments
  1. Acho que a maioria desses problemas se revolvem comprando a calça do tamanho correto, e isso não quer dizer do tamanho que você acha que usa. Eu normalmente uso tam. 48, mas numa loja especifica, gostei de um modelo e o 48 não serviu, o 50 tb não, tive que comprar o 52 e tudo bem com isso, o que importa é que o 52 vestiu bem! Poderia ter compra um tam. menor que entrou, mas não serviu… ou seja, ficou com o ziper aberto, apertando nas coxas… Nunca tive esses problemas de cós baixo, ziper quebrar, etc… Somente de a calça rasgar nas coxas, mas isso acontece comigo desde que eu usava tam. 38.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>





©2013-2016 Juromano - Todos os direitos reservados