Hunter McGrady para Elegance: entrevista com a musa da Sports Illustrated

OMG! A modelo plus size Hunter McGrady é a musa 2018 da edição anual da Sports Illustrated Swimsuits Issue e eu tive a honra de entrevistá-la ♥ Ela vai protagonizar a trajetória de uma mulher plus size em seu processo de autodescoberta e fortalecimento do amor próprio, na nova campanha de verão da Elegance. As fotos – INRCRÍVEIS – rolaram em Galinhos, no Rio Grande do Norte e o resultado é realmente poderoso e inspirador. Estou ansiosa para a campanha vir a público (em breve gente, mostro tudo quando sair 😉 ).

hunter mcgrady para elegance 3Foto: Marcio Rodrigues (@marciorodriguesphoto)

Foi sentadas em um bangalô de uma pousada nas praias paradisíacas de Galinhos que Hunter e eu tivemos uma conversa regada a risadas e muita admiração. A modelo, que já foi magérrima, contou sua trajetória até o sucesso, deu dicas inspiradoras, contou como lida com críticas e até alguns segredos pessoais que a gente sequer imagina de uma top model. Leia tudo na entrevista a seguir!

Hunter McGrady para Elegance: entrevista com a musa da Sports Illustrated ♥

♥ Qual é sua maior dificuldade como mulher plus size?

Definitivamente é achar roupas. Eu sou muito maior na parte de baixo, então é muito difícil pra eu conseguir achar jeans. É difícil achar peças com bom caimento, que não pareçam um saco, sabe? Isso é o que eu mais amei na Elegance, que a marca faz peças acinturadas, modeladas para valorizar as curvas de um corpo plus size.

♥ Qual foi sua peça favorita da coleção de verão 2018 da Elegance?

Eu amei os macacões da coleção, as pernas justas, achei tão hot, muito “resort”… Eu senti como se estivesse no Brasil, o que eu estou mesmo! (risos). Eles são super sexy e gostosos de usar.

♥ O que você acha que ainda falta no mercado plus?

Eu adoraria poder sair pra fazer compras com as minhas amigas mais magras e não sentir que preciso ir para o cantinho escondido, na arara separada de tamanhos maiores, para achar alguma coisa pra mim, sabe? Eu adoraria ver mais marcas a bordo e até culture designers fazendo roupas plus size. Eu acho que isso já está até acontecendo aos poucos, mas estamos caminhando ainda.

ju romano e hunter mcgrady

♥ O que você acha do termo plus size?

Eu não me importo, sabe, eu sou uma mulher plus size, eu tenho orgulho disso, eu só não gosto do rótulo. Pra mim, é uma forma de segregação. Eu sou uma modelo, e Candice Swanepoel também é modelo, que diferença faz se ela é da Victoria’s Secret? Nós duas somos modelos e nossa profissão e é a mesma. Se tiver que escolher um rótulo, eu gosto de Curves, é sexy, empoderador e feminino.

♥ O que você acha que é necessário pra ser uma modelo bem sucedida?

Determinação é o principal para seguir em frente, porque muita gente acha que é só você se tornar modelo que automaticamente vem todo o glamour, carros te buscando, voando de primeira classe, etc… Mas é uma longa jornada para chegar aqui. Você tem que pagar suas contas no começo e eu já fiz diversos trabalhos que eu nem queria ter feito, passei por dificuldades. Mas eu sabia que valeria a pena no final! E o caminho apesar de duro, também é divertido. Eu aprendi muito, trabalhei com muita gente incrível… E agora aqui estou nesse paraíso chamado Galinhos! (risos)

♥ Você se considera uma feminista? Como isso se encaixa no seu trabalho?

Sim, absolutamente!!! Eu acho que especialmente agora, com tudo que tá acontecendo nos EUA, nós precisamos de mais mulheres apoiando outras mulheres. Eu vi muitas amigas na marcha feminista, que foi espetacular e eu queria tanto ter estado lá lutando ao lado delas – infelizmente eu não pude ir porque estava trabalhando fora. Eu acho que é um tempo muito especial para fazer parte e se estar viva. Ver as mulheres se empoderando é incrível!

Toda vez que eu posto uma foto nas redes sociais e tem estrias, gordurinhas, marcas, isso para mim está mostrando para outras mulheres: “olha, você não precisa ser essa imagem da perfeição que a gente tá acostumada a ver na mídia, você pode ter sua beleza única e ser linda. Você é forte e poderosa. Seu corpo não é de outra pessoa, você não se veste para nenhum homem, é APENAS para você”. Hunter McGrady, modelo plus size

♥ Você também é uma ativista do body positive, como isso rola na sua vida?

Uma coisa que eu sempre tento fazer é não me policiar muito, então toda vez que eu posto uma foto nas redes sociais e tem estrias, gordurinhas, marcas, isso para mim está mostrando para outras mulheres: olha, você não precisa ser essa imagem da perfeição que a gente tá acostumada a ver na mídia, você pode ter sua beleza única e ser linda. Você é forte e poderosa. Seu corpo não é de outra pessoa, você não se veste para nenhum homem, é APENAS para você. Eu tento por isso para os meus seguidores, muitas meninas novas me seguem e eu quero que elas saibam que elas  podem ser poderosas, elas não precisam aguentar bullying ou serem colocadas para baixo. A nova geração, que vai seguir a gente, tem que se sentir confortável em seus corpos, donas de si, porque uma vez que isso acontece você se sente confiante e pode ser muito melhor.

Você já sentiu pressão para emagrecer?

Sim, muita. Quando eu comecei a modelar eu era do tamanho regular, eu era muuuuito magra. Eu entrei em uma agência e eles me pediram para perder ainda mais centímetros no meu quadril, mas eu não conseguia. Eu fiquei devastada, porque eu era uma jovem de 16 anos, cheia de sonhos, e alguém chegou e disse: você não vai chegar lá enquanto não emagrecer. Eu achei que nunca ia modelar. Até que então, há mais ou menos 4 anos, eu vi a capa da Vogue Italiana onde algumas amigas minhas como a Candice Huffine, Tara Lynn e Robin Lawley, estavam estampando um ensaio curvy muito sensual e eu pensei: OMG o que é essa coisa de plus size afinal?! Então eu fui até Whilhemina e eles começaram a me agenciar no mesmo dia e dentro de um mês eu estava trabalhando e viajando como modelo plus size. Agora eu posso dizer: não fale o que eu devo fazer com o MEU corpo!!!

HUNTER MCGRADY ANTES E DEPOIS

♥ Como é sua rotina de alimentação?

Eu tento sempre comer comidas saudáveis, mas quando estou viajando em lugares diferentes eu quero experimentar de tudo! Como agora, que é a primeira vez que venho ao Brasil, e tenho que dizer: é uma das melhores comidas que eu já provei. E também tento malhar o máximo que posso, o personal trainer da Sports Illustrated me ensinou exercícios incríveis que dá para fazer em qualquer lugar.

Conta mais sobre a Sports Illustrated… 

Eu participei da busca de modelos para a Sports Illustrated 2018 então basicamente a gente tirou fotos com pintura corporal. A maquiadora pintou 4 garotas com pinturas corporais e teve uma votação para ver quem seria a garota da próxima edição e eu ganhei. 

[SIIM, MINHA GENTE, NÃO É UM MAIÔ É SÓ PINTURA CORPORAL!!! (imagine aqui o emoji com carinha de choque hua hua hua)]

♥ Você acorda todo dia diva desse jeito?!

OMG, não! Quando eu cheguei aqui pra fotografar a Elegance desceu minha menstruação… E eu estava de tpm, de mau humor, desabando, inchada e eu não queria sair do quarto… Até nasceu uma espinha na minha bochecha! Eu apenas não queria fazer nada… Mas eu acho importante que as pessoas saibam que foi necessária uma equipe de 15 pessoas para fazer as fotos que saímos “perfeitas”, eu não acordo glamurosa! (risos) É preciso a câmera, as luzes, os assistentes, maquiadores e um monte de coisa. Eu acordo com olheiras, um coquinho e uma espinha na bochecha sabe?!

♥ Quando você está sozinha pelada na frente do espelho, o que você pensa?

Eu me sinto uma mulher linda, forte, empoderada, confortável e confiante. Eu me sinto mais sexy quando saio do banho, sem maquiagem, sem cabelo montado, sou eu mesma, limpa, quem eu sou como sou.

♥ Tem alguma coisa que você mudaria no seu corpo?

Antigamente eu costumava apontar muitas coisas no meu corpo que eu gostaria de mudar, até eu perceber que se eu não amasse meu corpo por inteiro eu nunca seria feliz na minha vida. A gente tem só um corpo, temos que tomar conta dele. Eu ficava eu quero mudar meu pé, mudar minha barriga, afinar meus quadris… Mas a coisa é que o corpo das mulheres é feito em tantas formas e tamanhos diferentes, e o que nós podemos fazer com nossos corpos é incrível… A gente carrega bebês pelo amor de Deus, a gente cria humanos!

♥ O que você diria para as mulheres que ainda querem mudar tudo no corpo?

Eu só queria perguntar: POR QUÊ? Você pode gastar essa energia com tantas outras coisas MUITO mais incríveis, como viagens e ver coisas bonitas… A única pessoa se importando tanto com a sua aparência é você mesma! É muito importante para as mulheres se darem conta que seu corpo vai mudar, vão ter dias em que você vai querer mudar coisas, isso é OK, mas não deixe que isso domine sua vida, tome conta de todos os seus pensamentos.  Se nós todas nos apoiássemos, ninguém ia ficar apontando o dedo uma para a outra. 

A gente só tem um corpo, a gente só pode fazer 2 coisas: amá-lo ou não amá-lo. Então, me diga: o que você acha que vai te fazer mais feliz?Hunter McGrady, modelo plus size

A gente só tem um corpo, a gente só pode fazer 2 coisas: amá-lo ou não amá-lo. Então, me diga: o que você acha que vai te fazer mais feliz? É tão simples, mas ao mesmo tempo não é. É mais difícil amar seu corpo, porque sempre nos foi dito o contrário. Mas existem tantas mulheres diferentes e tão lindas, olha você por exemplo, fazendo a diferença sendo dona do seu próprio corpo e dizendo: ei, é OK ser diferente, é OK ser gorda, é OK ter curvas e ser linda, muita gente tem!

♥ Como você lida com comentários negativos a respeito do seu corpo?

É difícil porque eu recebo muitos comentários negativos. Eu tento apagá-los da minha cabeça, mas é claro que sou humana e me atingem as vezes. Mas meus pais sempre me lembram que você nunca vai atingir 100% das expectativas dos outros. Se você é magra sempre tem alguém pra falar que você está magra demais… Se você está gorda sempre tem alguém pra falar que você precisa emagrecer. Você nunca consegue agradar todo mundo. Tenho pena dessas pessoas, porque é uma perda de vida e de energia, tem que ser muito amarga para comentar sobre o peso e o corpo das pessoas, sabe?! Então eu acho que são pessoas tristes e eu rezo por elas, porque elas precisam, isso é um problema de insegurança delas. Eu rezo pra que essas pessoas possam encontrar mais doçura e delicadeza em seus corações e possam se amar e ter uma autoestima melhor.

♥ Você responde elas?

Não! Porque se eu responder eu só vou continuar uma história sem fim, continuar me incomodando e é terrível.

♥ Qual é o seu guilty pleasure?

Eu moro em cima de uma loja de conveniência em NY, então sempre que eu tenho um tempo e quero ter meu momento eu compro um sorvete Talenti, coloco meus pijamas e fico no sofá tomando sorvete no pote e assistindo Friends.

♥ Se você pudesse ser QUALQUER pessoa, morta ou viva, quem você seria?

Essa é uma pergunta difícil! Eu seria a Beyoncé, eu sei que parece clichê, mas eu acho que ela é uma “bad bitch”. Ela é dona de tudo, ela é poderosa, ela é talentosa, ela é bem sucedida, uma ótima mãe, ela é bem incrível!

♥ O que você nunca tira da sua bolsa e leva contigo para tudo quanto é lugar?

Oh, céus, muitas coisas! Um creme hidratante da Weleda, que serve para mãos, rosto, cutículas, e meu celular (que nunca sai da minha mão). Sempre que eu viajo eu carrego meu bichinho de pelúcia – o Bunny, que apesar do nome é uma cabeça de sapo com um cobertorzinho pendurado. Eu seeei, eu sou tão boba! Mas eu viajo com ele desde os 7 anos, inclusive o Bunny está lá no meu quarto agora (risos).

 

Bom, gente, é isso… Só sei que ao final da entrevista eu só queria ser a MELHOR AMIGA da Hunter e assistir Friends tomando sorvetes (em NY de preferencia, né non?!). Fica aqui meu agradecimento especial à Elegance, que trouxe essa diva para o Brasil, e deu pra gente a chance de conhecer mais sobre essas mulheres inspiradoras que mostram que não importa o tamanho do seu corpo, TUDO é possível – inclusive estampar uma revista de esportes sendo plus size, para calar a boca da patrulha da saúde aí! 😉

Olha só a foto da equipe toda nessa delícia de viagem, um agradecimento especial a cada um de vocês e às meninas incríveis da Elegance que lutam todo dia para o plus size ficar cada dia mais profissional ♥

hunter mcgrady para elegance 4

 

Estou ansiosíssima para ver o catálogo de verão 2018 da Elegance e vocês, curtiram a entrevista? Concordam com a Hunter? Me contem TUDO! 

 

 

HUA HUA

BJÓN

Ju Romano

Uma gordinha, de cílios longos e pernas curtas. Defensora da liberdade de ser quem e como a gente é, sempre com muito amor próprio.

3 Comments

Leave a Reply to Arianny Cancel reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>





©2013-2016 Juromano - Todos os direitos reservados