Warning: file_put_contents(): Only 0 of 10 bytes written, possibly out of free disk space in /srv/users/serverpilot/apps/blog-juromano/public/wp-content/plugins/merge-minify-refresh/merge-minify-refresh.php on line 564

O corpo do verão: “mas como você tem coragem de usar isso?”

Hoje estava conversando com a minha mãe sobre uma festa na piscina que vou no fim de semana. Ela me olhou com olhos arregalados e disse, curiosa com a resposta, pronta para aprender uma grande lição de vida:

Me ensina como você tem coragem de usar biquíni em uma festa na piscina?

Juro que quase vi o caderninho e o lápis mentais dela subirem sobre sua cabeça. Respondi com toda a sinceridade e calma do mundo:

Oxi, mas eu tenho duas pernas e braços que me levam para onde quero ir, me permitem que eu faça o que tenho vontade e meu corpo me deixa viver uma vida completamente normal, sem limitação alguma… Por que eu deveria ter vergonha ou medo de usar biquíni? Não tem corpo igual a outro, o meu também é diferente como todos… Por que seria pior ou melhor que qualquer outro? Eu hein, tanta coisa pra aproveitar, eu tô cagando pro corpo, eu quero mesmo é tomar sol, uns bons drinks e dar risada! 

Ela finalizou com um tom de orgulho e admiração:

Que mulher resolvida…

(se estivéssemos no whatsapp ela teria mandado o emoji de palminhas, sabe?)

Isso logo hoje, no mesmo dia em que recebi uma mensagem de uma leitora (na foto desse look abaixo) dizendo que queria ter coragem para usar peças curtas no verão, mas que não conseguia porque tinha a perna muito flácida e muitas celulites. Qual a dica que eu teria para ela usar vestidos curtos também…

Eu fiquei pensando muito sobre isso. Por que a gente deixa de fazer coisa que a gente tem vontade (como ir a uma Pool Party ou usar um vestidinho curto) só porque nosso corpo não está no “padrão”?! Por que incomodam tanto a nossa própria celulite e a flacidez?

Porque, assim, na prática, elas não impedem ninguém de fazer absolutamente nada. Então o incômodo mesmo é que as outras pessoas vejam e reparem… Nosso grande medo é as conclusões que as outras pessoas vão chegar a respeito do nosso corpo.

Aí eu me revolto: por que a gente deixa de viver momentos gostosos na NOSSA vida, se preocupando com a OPINIÃO a respeito do NOSSO corpo de OUTRAS PESSOAS que não fazem a menor diferença e também têm corpos cheios de particularidades?

Essas discussões parecem antigas para você? Ótimo, sinal de que você é uma mulher desconstruída e muito mais livre que tantas outras…

Já se esse diálogo fez muito sentido na sua cabeça, quero dizer que assim como a minha mãe você se encaixa em um grupo PERFEITAMENTE normal na nossa sociedade também, mas que ainda sofre uma influência de uma sociedade gordofóbica e machista, que trata o corpo da mulher como um objeto.

Não é culpa sua, todas nós fomos criadas assim… Mas vem cá, amiga, você não concorda comigo que seria bem melhor se a gente se livrasse dessas coisas que só tem como objetivo manter a gente infeliz? 😉

Pense sobre isso e vem comigo com o meu CORPO DO VERÃO. Ele não vai ser igual ao seu, nem igual ao de ninguém, mas quem disse que ele não é um corpo PERFEITO pro verão, hein?!!?

A gente tem mesmo é que bater no peito com orgulho do nosso corpo, das nossas curvas, dobras, celulites, estrias e flacidez, porque elas contam nossas histórias, nossas raízes, nossas diferenças. Você não precisa se orgulhar de tudo que fez até hoje, mas são as marcas do seu passado que te transformaram no mulherão que você é no seu presente, então não tenha vergonha da sua história e de como ela marcou o seu corpo, viu?!

♥ Corpo do verão: bota o corpo pra jogo e vem ser feliz de mini saia! ♥

A gente tem mesmo é que bater no peito com orgulho do nosso corpo, das nossas curvas, dobras, celulites, estrias e flacidez, porque elas contam nossas histórias, nossas raízes, nossas diferenças. Você não precisa se orgulhar de tudo que fez até hoje, mas são as marcas do seu passado que te transformaram no mulherão que você é no seu presente, então não tenha vergonha da sua história e de como ela marcou o seu corpo, viu?!


 

Seja de biquíni, de short ou de mini vestido, com as pernas finas ou grossas demais, com estrias, celulites ou flacidez… Seja do jeito que for, você é única e não importa como seu corpo estava ontem ou como ele estará amanhã, hoje é um dia único! Vá aproveitar do jeito mais intenso e completo que você conseguir. Não deixe de usar o que gosta, fazer o que te deixa feliz, apenas pelo o que as outras pessoas vão pensar de você… VAI SER LIVRE, MEU AMOR!!!

 


DE ONDE SÃO AS PEÇAS DO LOOK

Gente, esse foi babado porque TODO mundo perguntou alguma coisa dele, então anota aí:

Vestido floral > Caedu (comprei na loja do Ipiranga, é da coleção atual, meu número é G2)

Sandália de pompom > Gaby Acessórios (comprei no Bazar Plus Size em Aparecida)

Brincos bordados de fio > infelizmente comprei numa feirinha quando fui à China, achei que ia chegar ao Brasil, mas nunca vi por aqui (fica a dica aí pra quem faz artesanato)

Óculos de Sol > Dra Biju (o modelo é o Popper)


 

 

Bom, gatonas, fica aqui o meu incentivo pra você ser feliz o tanto que você puder e aproveitar TUDO que a vida tem a oferecer sem encanar com coisa que não faz diferença 😉 

 

 

Por enquanto é isso

 

HUA HUA

BJÓN

Ju Romano

Uma gordinha, de cílios longos e pernas curtas. Defensora da liberdade de ser quem e como a gente é, sempre com muito amor próprio.

6 Comments
  1. Como a gente vive num mundo gordofóbico, acho sempre relevante ler sobre amor próprio, pq a desconstrução é diária. E sua mãe é mt jovem conseguindo captar a mensagem. Uma fofa! Aqui em casa tô sempre tentando fazer a desconstrução acontecer, mas minha família é bem neurada. Mas sigo falando ‘mesmo que existam outras vidas, vc vai passando essa odiando o seu corpo e se impedindo de viver coisas maravilhosas?’

  2. ficou perfeita ! O vestido arrasou , e esse brinco quero para mim ! Vou fazer um vestido igual para mim rerereer , como combinou o brinco verde com o vestido fundo azul marinho ! Vou imitar .

  3. Essa pool party já me rendeu muitos comentários e questionamentos desse tipo, desde sua primeira edição, que fui em fevereiro. Pois mal posso esperar para desconstruir o corpo perfeito de verão e encontrar mulheres lindas e empoderadas por lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>





©2013-2016 Juromano - Todos os direitos reservados