Trilha Sonora do dia e reflexão sobre padrões

Esses dias várias leitoras queridas me indicaram uma trilha sonora que ouço todo dia no repeat. É a All About That Bass, da Meghan Trainor, uma cantora americana que está fazendo o maior sucesso por criticar os padrões em sua música (ver tradução abaixo). A verdade é que eu amei a batida da música, a empolgação e a parte em que ela defende o corpo “violão” com unhas e dentes… Mas, opa, pera lá! Sim, eu acho muito legal a crítica em relação às mulheres irreais criadas pelas revistas, a crítica ao Photoshop e a parte que ela diz, empolgada, “Se você tem beleza, beleza, eleve-a. Pois cada pedacinho de você é perfeito. Lá de baixo até o topo”. Mas olhando a letra, fico chateada com uma coisa: o fato dela criticar as meninas magras com frases até agressivas para o meu gosto.

É muito comum (e eu até já falei sobre isso por aqui) ouvir frases do tipo “homem gosta de ter onde pegar” ou, no caso da música, “homem gosta ter onde pegar à noite”. Mas, gente, isso não é legal. Ninguém precisa diminuir os outros para se mostrar melhor. Nós, gordas ou apenas meninas fora dos padrões, fomos diminuídas durante anos – e somos até hoje – e sabemos que isso não faz bem para autoestima de ninguém, sabemos que isso nos destruiu psicologicamente, então por que dizer exatamente o que não gostaria que fosse dito a você?

Eu sei que é um jeito de se rebelar, de dizer chega, de falar que você é dona de um corpo lindo e desejado tanto quanto de uma menina magra… Mas francamente, você não precisa negar um padrão impondo outro! Além disso, da mesma forma que não gostamos de ser generalizadas, não vamos generalizar também. Homem não gosta disso ou daquilo. Tem homens que gostam disso e homens que gostam daquilo. Tem homem que gosta de gorda, tem homem que gosta de magra e independentemente do que eles gostem, somos nós que temos que gostar do nosso corpo.  

Eu adorei a música e recomendo. É uma música “empoderadora” para nós que não nos encaixamos nos padrões. Mas não se deixem levar pela ideia de diminuir as meninas diferentes de você. Fiquem apenas com a ideia principal: você é linda com o corpo real que você tem – seja ele magro, gordo, grande, pequeno, alto, baixo… – e aprenda a aceitar o que é diferente.

Agora aperta o play na trilha sonora de hoje, levanta da cadeira e vá rebolar… Você merece, tem um corpo lindo e é tão sexy quanto qualquer outra pessoa 😉

 

 

All About That Bass – Meghan Trainor

 

Because you know I’m all about that bass (Porque você sabe, eu sou mais um corpo violão)

’bout that bass, no treble (Um corpo violão, não um tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass (Sou mais um corpo violão, um corpo violão)

 

Yeah it’s pretty clear, I ain’t no size two (Sim, está muito claro, eu não uso 38)

But I can shake it, shake it like I’m supposed to do (Mas posso rebolar, rebolar, rebolar, como devo fazer)

Cause I got that boom boom that all the boys chase (Pois tenho aquela performance que os meninos procuram)

All the right junk in all the right places (Todas as gostosuras nos lugares certos)

I see the magazines working that Photoshop (Eu vejo as revistas abusando daquele Photoshop)

We know that shit ain’t real (Sabemos que essa porcaria é uma ilusão)

Come on now, make it stop (Fala sério, faça isso parar)

If you got beauty beauty just raise ’em up (Se você tem beleza, beleza, eleve-a)

Cause every inch of you is perfect (Pois cada pedacinho de você é perfeito)

From the bottom to the top (Lá de baixo até o topo)

Yeah, my momma she told me don’t worry about your size (É, minha mãe me disse “não se preocupe com seu peso”)

She says, boys they like a little more booty to hold at night (Ela diz “meninos gostam de ter o que apertar à noite”)

You know I won’t be no stick-figure, silicone Barbie doll (Você sabe que não vou ser uma vara pau, Barbie siliconada)

So, if that’s what’s you’re into (Então, se é isso que você prefere)

Then go ahead and move along (Saia daqui e parta para outra)

 

Because you know I’m all about that bass (Pois você sabe, eu sou mais um corpo violão)

’bout that bass, no treble (Um corpo violão, não um tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass (Sou mais um corpo violão, um corpo violão)

 

I’m bringing booty back (Estou trazendo as bundas de volta)

Go ahead and tell them skinny bitches Hey (Vá e diga a essas vadias magrelas ‘e aí’)

No, I’m just playing I know you think you’re fat (Não, estou brincando, sei que você se acha gorda)

But I’m here to tell you that (Mas estou aqui para te dizer que)

Every inch of you is perfect from the bottom to the top (Cada pedacinho de você é perfeito, lá de baixo até o topo)

Yeah, my momma she told me don’t worry about your size (É, minha mãe me disse “não se preocupe com seu peso”)

She says, boys they like a little more booty to hold at night (Ela diz “meninos gostam de ter o que apertar à noite”)

You know I won’t be no stick-figure, silicone Barbie doll (Você sabe que não vou ser uma vara pau, Barbie siliconada)

So, if that’s what’s you’re into (Então, se é isso que você prefere)

Then go ahead and move along (Saia daqui e parta para outra)

 

Because you know I’m all about that bass (Porque você sabe, eu sou mais um corpo violão)

’bout that bass, no treble (Um corpo violão, não um tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass, no treble (Sou mais um corpo violão, um corpo violão, não tipo flauta)

I’m all ’bout that bass, ’bout that bass (Sou mais um corpo violão, um corpo violão)

 

 Por hoje é isso, mas me conta aí nos comentários o que você achou da música! (Sem contar o clipe foooofoooo!) 

 

HUA HUA

BJÓN

Ju Romano

Uma gordinha, de cílios longos e pernas curtas. Defensora da liberdade de ser quem e como a gente é, sempre com muito amor próprio.

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>





©2013-2016 Juromano - Todos os direitos reservados